.st0{fill:#FFFFFF;}

Orientações Para Realização do Exame de Videohisteroscopia 

O exame pode ser realizado sob anestesia (em pacientes com até 60 anos de idade), onde a paciente deverá estar em jejum de 6 (seis) horas no mínimo (não pode beber nem água).

O exame pode ser realizado na ocorrência de sangramento, quando for solicitado pelo seu médico assistente, ou seja, se o sangramento for o motivo da investigação.

Trazer sempre os exames de ultrassonografia transvaginal, ressonância nuclear magnética, histerossalpingografia, caso os tenha.

De preferência realizar o exame após a menstruação, principalmente em investigação da infertilidade.

Vir para o exame sempre acompanhada (acompanhante maior de 18 anos). EM hipótese nenhuma o exame será realizado com anestesia sem acompanhante.

Em caso de atraso menstrual, o exame será realizado com teste de gravidez (BHCG) recente negativo.

Suspender medicações como: AAS, Ginko Biloba e Clopidogrel ou qualquer medicamento que influencie nos fatores de coagulação.

Manter remédio para hipertensão, diabetes, alterações de tireoide e outros que façam uso de rotina, mesmo no dia do exame. Caso não consiga engolir o remédio sem líquido, poderá tomar o remédio com um pequeno gole de água.

Nos casos de problemas graves de saúde, poderá ser necessário a liberação do médico assistente ou até mesmo do seu cardiologista.

O paciente deverá chegar ao local do exame com pelo menos 30 (trinta) minutos de antecedência para conferência da autorização do convênio.

Manter os métodos contraceptivos no período que anteceder o exame.

Paciente com dor pélvica aguda deve evitar o exame a não ser que o mesmo faça parte da investigação diagnóstica.

Em caso de exames sob anestesia a paciente não poderá dirigir veículos automotores.

Caso não possa comparecer na data agendada, entrar em contato para o cancelamento do exame.

Compartilhe!

Fale Conosco

Nossos Serviços

Pág. [tcb_pagination_current_page] de [tcb_pagination_total_pages]

Deixe o seu Comentário: