.st0{fill:#FFFFFF;}

Videocistoscopia 

Cistoscopia (ou ureteroscopia) é um exame endoscópio das vias urinárias baixas que possibilita uma visibilização ótica dos segmentos uretrais, do interior da bexiga e da porção terminal dos ureteres.

Como é o preparo para fazer uma cistoscopia?

O preparo para esse exame é muito simples. O paciente deve estar em jejum de quatro horas, suspender cerca de sete dias antes qualquer anticoagulante que faça uso e fazer um exame de urina, pois se houver infecção urinária a cistoscopia está contraindicada.

Como se realiza a cistoscopia?

O exame dura cerca de vinte minutos. O aparelho utilizado para sua realização é o cistoscópio. Há dois tipos de cistoscópio, eles consistem em um tubo delgado que pode ser introduzido na uretra; um deles é semirrígido e o outro é flexível.

Na maioria das vezes o exame é realizado com anestesia local, em forma de gel, mas pode necessitar anestesia geral, conforme o caso. Normalmente, é feito em ambulatório, não necessitando de internação.

Habitualmente, o paciente estará deitado em decúbito ventral (cistoscópio semirrígido), com os joelhos semifletidos (numa posição semelhante à posição ginecológica), ou em decúbito dorsal (cistoscópio flexível). O cistoscópio é então introduzido pela uretra até a bexiga. A escolha do tipo de cistoscópio, se rígido ou semiflexível, depende do objetivo do exame.

Então, o médico introduz água através do cistoscópio até encher a bexiga e permitir uma melhor visualização de suas paredes. O cistoscópio carrega em sua extremidade lâmpadas de xenon e halógenas e uma minicâmera que transmite por fibra ótica imagens para um monitor.

O aparelho pode também, em casos de necessidade, retirar fragmentos de tecidos para biópsias. Durante o exame pode haver algum desconforto na introdução do cistoscópio pela uretra, a qual deverá estar lubrificada e anestesiada. Depois de enchida a bexiga, o paciente pode sentir intensa vontade de urinar, a qual precisa ser tolerada durante a realização do exame.

Se for feita biópsia, o paciente pode sentir uma sensação de pinçamento no momento da retirada do tecido. Depois de retirado o cistoscópio é possível que a uretra fique dolorida, que se sinta ardor ao urinar ou que a urina esteja sanguinolenta, se foi feita biópsia. O paciente poderá retornar para casa depois do procedimento.

Para que serve o exame?

As principais indicações da cistoscopia são: diagnóstico e acompanhamento de distúrbios das vias urinárias, diagnóstico e acompanhamento dos tumores da bexiga ou da uretra, diagnóstico de infecções recorrentes da bexiga, resolução de problemas criados por cálculos na bexiga e realização de biópsia endoscópica da bexiga ou da uretra, quando necessárias. Outras indicações menos comuns são ainda possíveis, como avaliação do tamanho da próstata, divertículos da uretra ou da bexiga, fístulas, corpo estranho dentro da bexiga, etc.

Quais são os riscos da cistoscopia?

Geralmente, o exame não implica em riscos significativos, no entanto, podem ocorrer infecção, sangramento excessivo causado pela biópsia e ruptura da parede da bexiga. É normal que apareça uma pequena quantidade de sangue na urina após o procedimento, o qual deve desaparecer rapidamente.

(Fonte: ABCMED)

Compartilhe!

Fale Conosco

Nossos Serviços

Pág. [tcb_pagination_current_page] de [tcb_pagination_total_pages]